Saúde Ocupacional: O Melhor Investimento para as Empresas

A saúde ocupacional pode ser definida como uma atividade multidisciplinar que promove e protege a saúde dos trabalhadores, procurando controlar acidentes e doenças, organizando e monitorando as condições e ambientes de trabalho, a fim de reduzir riscos (OMS).

Segundo a pesquisa  do Serviço Social da Indústria (SESI), a grande maioria das empresas brasileiras deve criar ou melhorar programas de promoção da saúde nos próximos anos.

A grande maioria das empresas brasileiras deve criar ou melhorar programas de promoção da saúde nos próximos anos. Dos 200 gestores de indústrias ouvidos em pesquisa do Serviço Social da Indústria (SESI), 81% disseram que a melhoria contínua dessas iniciativas é uma tendência e veem suas empresas fazendo parte dela. O levantamento foi realizado entre 11 de novembro e 2 de dezembro de 2020 e, entre as empresas consultadas, 55% são de pequeno porte, 25% médias e 20% grandes indústrias.

 Segundo Katyana Aragão, gerente-executiva de Saúde e Segurança na Indústria do SESI, “Este momento de pandemia deixou ainda mais clara a importância estratégica da saúde dos trabalhadores para a produtividade e competitividade dos negócios” .

Os maiores empresários do mundo sabem bem que o colaborador (o capital humano) é o bem mais valioso da empresa. É por isso que as grandes empresas investem, e muito, nos seus colaboradores e assim se tornam muito produtivas e rentáveis. A Apple e a Google são exemplos de empresas que mudaram o olhar e viram a saúde ocupacional e o bem-estar do colaborador como um verdadeiro investimento e não apenas como um custo alto. A Google, que está hoje entre as melhores empresas do mundo para se trabalhar, possui um índice de 94% de funcionários com alta identificação com os valores da empresa.

Para Jairo Martins, superintendente-geral da FNQ (Fundação Nacional de Qualidade),o resultado que as multinacionais que investem no colaborador alcançam são excelentes. Elas conseguem reter os melhores talentos, diminuem taxas de turnover, do absenteísmo, conseguem pôr em prática suas estratégias para se destacarem no mercado e ainda possuem uma produtividade cerca de 40% maior que outras empresas.

Fonte:

https://rsdata.com.br/importancia-da-saude-ocupacional-custo-ou-investimento/

http://laboreweb.com.br/investir-em-saude-ocupacional-e-estrategia-de-crescimento-para-sua-empresa/

https://istoe.com.br/81-das-empresas-pretendem-investir-na-saude-do-trabalhador/

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta

CBDOILKaufen.com