A Importância do Fortalecimento Muscular para a Saúde

Fortalecer os músculos protege tendões, articulações e reduz risco de lesões. Desenvolver o hábito de fortalecer a musculatura na vida adulta é fundamental para evitar o sedentarismo e prevenir a perda de massa muscular durante a velhice.

O exercício de fortalecimento muscular também é conhecido como treinamento de força, peso ou resistência, ou simplesmente “levantamento de peso”. Inclui o uso de aparelhos de musculação, faixas de exercícios, pesos manuais ou nosso próprio peso corporal (como flexões, abdominais ou pranchas). Geralmente é realizado em academias, mas também pode ser feito em casa.

Mais de 30 anos de pesquisas clínicas mostraram que os exercícios de fortalecimento muscular aumentam a massa muscular, a força e a densidade mineral óssea. Além disso, melhora a capacidade do nosso corpo em eliminar o açúcar e a gordura da corrente sanguínea e melhora a nossa capacidade de realizar atividades diárias, como subir escadas ou levantar de uma cadeira. Também pode reduzir os sintomas de depressão e ansiedade.

Pesquisas realizadas ao longo dos anos revelam que os exercícios de fortalecimento muscular estão associados a um risco reduzido de morte precoce, diabetesdoenças cardiovasculares e obesidade.

Ao contrário da maioria dos exercícios aeróbios, o treinamento de força pode ser feito em casa. Também pode ser feito sem equipamentos extensos, usando nosso próprio peso corporal. Isso o torna uma ótima forma de exercício durante a pandemia de COVID-19, quando muitas pessoas estão ainda  confinadas em suas casas ou limitadas em seu deslocamento.

Se você não está fazendo nenhum exercício de fortalecimento muscular, começar, mesmo que seja um pouco, provavelmente terá benefícios imediatos para a saúde. As diretrizes recomendam exercitar todos os principais grupos musculares pelo menos duas vezes por semana: pernas, quadris, costas, tórax, abdômen, ombros e braços. Isso pode incluir exercícios de peso corporal, como flexões, agachamentos, ou usando faixas de resistência ou pesos manuais.

Uma das opções para gerar ganho de massa magra é a musculação que, comprovadamente, é uma atividade bastante eficaz também no ganho de massa óssea, além de oferecer menos riscos de lesões do que alguns esportes, como futebol, tênis e basquete. Porém, é importante sempre ter orientação de um profissional de educação física antes de iniciar qualquer atividade.

Fonte:

– Dr.Silvio Musman Médico especialista em pneumologia, medicina do exercício e do sono; CRM 20.768

– Dr. Gustavo Magliocca, Médico do Esporte CRM 124959.

Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta

CBDOILKaufen.com