Cansaço físico e mental: saiba como prevenir

O trabalho de um indivíduo e o meio em que vive preenche grande parcela de sua vida, podendo repercutir de modo positivo ou negativo na sua saúde. Pode ser um fator enriquecedor e de grande felicidade ou um vetor de desmotivação e doenças ocupacionais. O cansaço físico e mental tem afetado a vida das pessoas e proporcionado o adoecimento. É muito importante saber prevenir para melhorar a qualidade de vida.

Funcionário, Escrivaninha, Estresse, Exausta, Entediado

Para o professor Jacob Jehuda Faintuch, da Clínica Médica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), o cansaço está relacionado a “circunstâncias comuns do cotidiano, como dormir pouco e mal, estudar e trabalhar muito, além da falta de condicionamento físico”.

Entre as diversas consequências no ambiente de trabalho, “a fadiga pode causar baixo rendimento, altos índices de absenteísmo, risco elevado de se envolver em acidentes de trabalho ou cometer erros na atividade desenvolvida, desenvolvimento de lesões de esforço, entre outros” (OLIVEIRA, 2010)

A prática de exercícios físicos, mesmo que seja 10 minutinhos diários, traz benefícios, pois libera substâncias no organismo (endorfina e adrenalina) que promovem a sensação de bem-estar, tornando o dia mais prazeroso e aumentando a disposição para o trabalho. Um dos principais benefícios é quebrar a inércia corporal e permitir que a mente se desligue por alguns momentos das preocupações. Adotar hábitos saudáveis como fazer exercícios físicos e ter uma dieta balanceada ajudam a diminuir o cansaço físico e o reduzir o estresse da rotina. (FAINTUCH, 2012).

Geralmente passamos a maior parte do tempo no ambiente de trabalho, e permanecer este tempo praticamente sem movimento ou realizando movimentos inadequados é realmente algo prejudicial à saúde. Uma inadequada noite de sono também gera uma gigantesca fadiga física e mental no dia seguinte, elevando o nível de estresse e prejudicando a capacidade de raciocínio.

Para prevenir estes desconfortos, é preciso ter hábitos saudáveis que estabeleçam um equilíbrio entre o corpo e a mente; ter boas noites de sono, beber bastante água pura, ter uma alimentação saudável, disponibilizar tempo para atividades relaxantes, evitar uso excessivo de álcool e consumo de nicotina, realizar exercícios físicos regulares.

Toda pessoa tem uma autoimagem, ou seja, como ela se vê em relação a seus valores, a seu mundo, a seu corpo, e àqueles com quem ela se relaciona. Toda pessoa faz coisas, e sua obra no mundo também faz parte dela”. (Ministério da saúde e fio cruz 2020)

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta

CBDOILKaufen.com