Ginástica Laboral e Qualidade de Vida no Trabalho

É muito comum que as pessoas passem a maior parte dos seus dias no ambiente de trabalho. Principalmente em tempos de Pandemia, onde o Home Office ainda se faz presente na realidade das Empresas. Como consequência, se torna natural que grande parte do que acontece por lá influencie o comportamento do profissional, além de seu rendimento e, principalmente, sua saúde – física e mental.

Pode não parecer, mas o investimento na melhora da qualidade de vida envolve custos mínimos se comparados à falta desse recurso. Equipes insatisfeitas tornam-se improdutivas, estão mais propensas a erros e atuam no limite do stress.

Investindo no Bem Estar dos Colaboradores

O investimento no bem-estar dos colaboradores traz diversos efeitos positivos, como o maior comprometimento dos profissionais. Segundo a Sodexo, empresas que se preocupam com essa questão são, em média, 86% mais produtivas. A qualidade de vida no trabalho pode ser aperfeiçoada, principalmente, com a mudança de hábitos dentro da empresa. Respeitar os profissionais nos aspectos físico e mental, por exemplo, é um bom começo para garantir boas condições de trabalho, além da melhora do clima organizacional da Empresa, que representa a atmosfera psicológica, isto é, como os profissionais percebem o ambiente de trabalho e como são impactados por ele.

Ginástica Laboral e Qualidade de Vida no Trabalho

A Ginastica Laboral é a prática de atividades físicas dentro do ambiente da empresa, realizada durante o expediente para melhorar a disposição do trabalhador. As aulas são conduzidas por um profissional de educação física capacitado, adaptando o programa para cada público, com exercícios voltados para as necessidades dos colaboradores. São inúmeros os benefícios que a Ginastica Laboral promove para as Empresas e Colaboradores:

  • Combate e previne as L.E.R./D.O.R.T.
  • Combate o sedentarismo, estresse, depressão e ansiedade.
  •  Melhora a flexibilidade, força, coordenação, ritmo, agilidade e resistência, promovendo uma maior mobilidade e postura.
  • Redução da sensação de fadiga no final da jornada.
  •  Favorecimento do relacionamento social e o trabalho em equipe.
  •  Redução de despesas por afastamento médico, acidentes e lesões, melhorando a imagem da instituição perante os funcionários e a sociedade.
  •  Aumento da produtividade e qualidade.

Dores e Desconfortos

Sentir dores nos ombros, próximo aos pulsos ou na coluna pode ser consequência de ficarem longas horas em uma mesma posição. Trabalhar o dia todo sentado, em frente ao computador, ou ainda em pé, repetindo os mesmos movimentos seguidas vezes pode trazer uma série de problemas para a sua saúde. A ginástica laboral vem para minimizar esses problemas. Segundo o Conselho Federal de Educação Física, o objetivo dessa atividade é “proporcionar ao funcionário uma melhor utilização de sua capacidade funcional através de exercícios de alongamento, de prevenção de lesões ocupacionais e dinâmicas de interação”.

 “O bem estar e a qualidade de vida são requisitos básicos para a produtividade. O cuidado com a saúde física e mental demonstra comprometimento com o futuro”.

Fonte:

Ginástica Laboral: Atividade Física no Ambiente De Trabalho; 
Saúde do Trabalhador na APS: possibilidades, desafios e perspectivas;
Gestão da qualidade de vida no trabalho;
Confef.

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta

CBDOILKaufen.com