O Movimento é a Arte que Cura

“Seu corpo é seu maior bem, ele guarda e reflete sua alma. Cuide dele como se fosse uma pedra preciosa” (Joseph Pilates).

Joseph Pilates foi um homem à frente do seu tempo que utilizou seus conhecimentos para desenvolver o Método Pilates e deixar de herança para todos nós uma grande variedade de exercícios e benefícios. 

Mas independentemente do tipo de atividade física, movimentar o corpo é fundamental para adquirir mais saúde e qualidade de vida.

Mas independentemente do tipo de atividade física, movimentar o corpo é fundamental para adquirir mais saúde e qualidade de vida.

Caminhar, correr, andar de bicicleta, frequentar academia, nadar, subir escada, são atividades que têm em comum o movimento do corpo, uma condição essencial para promover saúde e longevidade.

Manter-se ativo fisicamente é fundamental para prevenção de diversas doenças, além de, aumentar da resistência física e da autoestima, alívio do estresse e o fortalecimento da musculatura, evitando dores nas articulações.

MOVIMENTO DO CORPO EVITA DORES

Um dos principais problemas causados pela inatividade física são as dores por todo o corpo, resultantes de um desgaste gradativo de articulações e cartilagens. A isso, soma-se a perda natural de massa e flexibilidade naturais.

Assim, um dos sintomas mais comuns da falta de exercício, ao longo da vida, são dores na coluna, que, segundo os médicos, já chega a afetar 80% da população.

O famoso preparador físico Nuno Cobra pontuou em seu best-seller “A Semente da Vitória”: “o que se exercita se desenvolve, o que não se exercita se atrofia, é a lei da natureza”. Cobra é o responsável pela performance de grandes atletas brasileiros da década de 1990, como Ayrton Senna e Christian Fittipaldi.

De fato, explicam os especialistas: quanto maior for o movimento do corpo, menos dores a pessoa sentirá com o passar do tempo. E mais: muitos exercícios aeróbicos considerados leves, como caminhada e natação, já são suficientes para corrigir ou atenuar o problema.

O principal mérito do alívio das dores se deve à endorfina, outro neurotransmissor liberado pelo cérebro logo que se inicia uma atividade. Por regular a emoção e a percepção da dor, é chamada de “anestésico natural”. Seu efeito pode durar até 72 horas após o término do movimento.

Então, se você se encontra inativo fisicamente, sentindo dores no corpo e baixo astral, que tal iniciar um programa de atividade física e melhorar a sua saúde e qualidade de vida?

Nunca é tarde para recomeçar ….

Boa sorte a todos!

Fonte: https://www.douglasfisiopilates.com.br/site/novidades/movimento-do-corpo-humano-qual-importancia/

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta

CBDOILKaufen.com