Síndrome Tensional Cervical

Vocês sabem o que é Síndrome Tensional Cervical?

Neste período de quarentena onde a maioria das pessoas estão trabalhando em home office, a ergonomia e os cuidados com a saúde da coluna é fundamental. 

Muitas pessoas se queixam de dores no pescoço (região cervical) e ombros, fraqueza muscular, diminuição de força e formigamento, assim como surgimento de contraturas e nódulos dolorosos.

A Síndrome Tensional Cervical é uma desordem orgânica e funcional, provocada pelo trabalho repetitivo, aumento da carga muscular estática, posto de trabalho e postura corporais inadequados; cabeça e membros superiores posicionados de forma errada durante uma determinada atividade. (BITTAR et al., 1998; GOUDY; McLEAN, 2006; JOHNSTON et al., 2008).

Principais queixas:

As queixas principais são as constantes dores no pescoço (região cervical) e ombro, fraqueza e fadiga muscular, parestesia (diminuição de força por formigamento). Há um aumento da sensibilidade muscular, contraturas com a presença de nódulos dolorosos, assim como dores na palpação na região cervical e no músculo trapézio (principalmente fibras superiores). Nestes casos, pode haver limitação dos movimentos e diminuição da lordose cervical (curvatura fisiológica).

Quais as causas da STC?

A posição inadequada da cabeça para o trabalho com computadores e o uso dos smarthones. Permanecer por períodos prolongados com o pescoço flexionado e ombros elevados gera compressão dos tecidos musculares e surgimento de dores a médio e longo prazo. Estudos também apontam que fatores psicossociais desfavoráveis criam uma carga mental associada às reações fisiológicas e/ou psicológicas.

Como Prevenir a Síndrome Tensional Cervical:

  • Manter sempre a coluna ereta;
  • Para trabalhar na frente do computador, mantenha a parte superior do monitor ao nível dos olhos.
  • Ao dirigir, descansar a cabeça no encosto do banco;
  • Dormir de lado, com os joelhos flexionados formando um ângulo de 90º com o corpo, travesseiro baixo e, de preferência, um travesseiro entre as pernas;
  • Agachar para apanhar um objeto no chão, principalmente se for pesado, em vez de simplesmente curvar a coluna;
  • Evitar movimentos bruscos com o pescoço;
  • Praticar exercícios físicos leves

Exercícios para prevenir a Síndrome Tensional Cervical:

  1. Incline seu pescoço de lado como se quisesse apoiá-lo no ombro direito, lentamente. Fique nessa posição durante um minuto. Depois, faça o mesmo exercício para o outro lado.
  2. Tente apoiar seu queixo no peito, esticando a nuca e mantenha-se nesta posição por um minuto.
  3. Respire fundo e leve a cabeça para trás. Mantenha-se nessa posição por um minuto.

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta

CBDOILKaufen.com