Você cuida da saúde da sua voz?

Todos nós temos uma voz única.  A voz faz parte da nossa identidade, tanto que temos várias vozes para cada momento: familiar, profissional, entre outros. É por intermédio da voz que demonstramos nossos sentimentos e nossas emoções.

A saúde da voz vai muito além dos cuidados de como devemos preservá-la, ela  está ligada a saúde da laringe e das cordas vocais. Infelizmente, o câncer de laringe acomete um número cada vez maior de pessoas, e a população mais vulnerável a esse tipo de câncer são os fumantes e consumidores de bebidas alcoólicas.

De acordo com a American Cancer Society a estimativa para 2016 é de que haverá 13,5430 novos casos de câncer de laringe e que aproximadamente 3,620 pessoas morrerão deste tipo de câncer nos Estados Unidos.

Algumas mudanças de comportamento são muito importante para a saúde da sua voz,  conforme  a Associação Câncer Boca e Garganta:  

  • Evite  pigarrear pois você pode agredir  as suas cordas vocais. O ideal é beber água ou deglutir várias vezes.
  • Evitar o excesso de café, a temperatura elevada desidrata as cordas vocais.
  • Consumo moderado de álcool, apesar do efeito relaxante, o álcool faz com que se perca a sensibilidade das cordas vocais provocando um esforço desnecessário.
  • Evitar o cigarro pois a nicotina, associada ao calor da fumaça, resseca as cordas vocais fazendo com que você fique rouco e forçando ainda mais a musculatura para falar. O fumo pode provocar uma laringite e com o passar dos anos a voz se torna mais grave.
  • Evitar  sussurrar e gritar. Ambos fazem com que haja  um esforço grande  para falar,  e isto causa  uma tensão no trato vocal que pode gerar algumas complicações como o calo nas cordas.

Quem utiliza a voz como instrumento de trabalho deve ficar  atento com as dicas a seguir:

  • Beber muita água. A hidratação é muito importante para as pregas vocais, flexibilização e vibração.
  • Comer  maçã. A fruta  é adstringente e limpa o trato vocal.
  • Evite competir com ruídos externos durante a fala.
  • Quando  sentir vontade de tossir ou pigarrear, respire profundamente pelo nariz e engula a saliva ou beba bastante água
  • Respire corretamente.

Em caso de rouquidão por tempo prolongado, dor de garganta e  pigarro com frequência , o melhor é procurar  um médico; o  otorrinolaringologista é o médico especializado para tratar da saúde da sua garganta e do seu nariz.

 Clique abaixo no  vídeo  para conferir mais algumas dicas de hábitos adequados para manter a saúde da sua voz:

https://www.youtube.com/watch?v=Nznt7FhEGEM

Sobre o Autor

Morgana Lovato Cantarelli administrator

Proprietária da Empresa Corpo em Ação , educadora física formada no IPA (1991), especializada em pedagogia do treinamento desportivo, especializada em pilates, palestrante, professora de massoterapia e Estado do Rio Grande do Sul

Deixe uma resposta